21 janeiro, 2008

E a roda gir anuma velocidade insana! #2

roda mundo, roda-gigante, roda-moinho, roda pião.
O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração..

tic tac tic tac tic tac tic tac tic tac
tac tic tac tic tac tic tac tic tac tic
tic tic tic tic tac tac tac tac tic tac

e pela primeira vez, esse andar não me encomoda.
acho que agora posso te aceitar não só como amigo, mas como um "bom companheiro".
como uma dualidade pode se tornar tão interessante?
e como os extremos estão mais próximos do que se imagina.
é tão irônica a vida...
anda-se por ruas: anda-se por avenidas, cheia de cores, luzes e de repente se depara com becos, vielas escuras, estreitas. Mas, bem mais adiante, acaba saindo aonde ? nas avenidas!
anda-se.






"Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
a gente estancou de repente ou foi o mundo então que cresceu ?"


- serena.



(já falei que o que escrevo aqui, não é pra ninguém entender mesmo?).

Um comentário:

Pra chorar esperanças. disse...

a dualidade é sempre interessante. mas a vida ser irônica é mais ainda... quem foi que disse q os planos de 2° ano, acabados tão abruptamente, não poderiam ser retornados agora que estamos mais crecidas e sábias? hamn?

:*